Apesar de ser considerada uma atividade simples, A Integração Bancária TOTVS RM é uma prática essencial para assegurar a saúde financeira de qualquer tipo de negócio que opera com esse sistema.

Com o objetivo de otimizar o processo bancário, a TOTVS realizou atualizações e melhorias sistêmicas em seu software de gestão TOTVS RM para tornar viável a integração com bancos e facilitar o trâmite de remessa e retorno de arquivos.

Para que a integração funcione corretamente é importante parametrizar o ERP de forma que garanta as operações de remessa; o agendamento e validação da execução da remessa; a exclusão do agendamento da remessa; o retorno; o agendamento e validação da execução do retorno; e, a exclusão do agendamento do retorno.

Em uma operação simples, após o processamento financeiro, o banco disponibiliza os arquivos em uma pasta padrão para leitura do sistema e processamento dos dados.

Tanto as regras dos processos de integração bancária, bem como controle de carteiras, tipos de cobrança, entre outros, é unificado pelo Cadastro de Convênios. Para cadastrar os Convênios você deverá acessar as seguintes rotinas: movimentações bancárias – controle bancário – convênio. Cada Convênio cadastrado deverá estar associado a uma Conta Caixa, Banco, Agência e Conta Corrente.

Caso o banco exija Certificado Digital, será necessário acessar o TOTVS Gestão Financeira e importar o arquivo .pfx ou .p12 no menu: Cadastros – Fiscais – Mais – Certificado Digital. Como são identificações individuais de cada instituição, os Certificados Digitais devem ser adquiridos junto a uma empresa certificadora.

Dentre algumas características técnicas básicas de integração entre bancos e TOTVS RM, estão:

Banco Bradesco

Para realizar operações por meio desse banco, deve-se adquirir um certificado digital ICP-Brasil, preferencialmente modelo A1. O arquivo deve ser importado no repositório Usuário Local, com a extensão .pfx do certificado na máquina onde o RM.Host.Service ou RM.Host.exe for executado.

Banco do Brasil

O manual disponibilizado por este banco define campos de valores ou percentuais para serem seguidos. É importante indicar no TOTVS RM, a url do serviço de registro do boleto e de homologação e a url do sistema autorizador, que retornará o token de acesso ao serviço de registro de cobrança. Tanto o código de acesso ao sistema autorizador, como a senha de acesso ao sistema autorizador, são fornecidos pelo banco.

Banco do Banrisul

Os campos de valores ou percentual definidos no sistema devem seguir manual fornecido pelo banco, como um valor fixo ou fórmula para ser retornado um string com o separador decimal “.” (ponto).

Caixa Econômica Federal

Os campos de integração devem ser criados conforme manual de cobrança do banco, então, devem ser associados à fórmulas ou valores fixos. Ainda conforme o manual, os descontos devem ser cadastrados como DESCONTO1, DESCONTO2 e DESCONTO3 e respectivamente associados a fórmulas ou valores fixos no convênio. A mesma regra se dá para mensagens da ficha de compensação que devem ser cadastradas como MENSAGEM1 e MENSAGEM2.

Itaú

Na integração bancária do TOTVS RM com o Itaú, deve-se informar o CNPJ do beneficiário ou cedente, na pagina Dados Adicionais. Conforme seu layout, podem ocorrer até cinco descontos, por tanto o nome no campo do sistema deverá ser: grupo_desconto1., grupo_desconto2., e assim sucessivamente. A mesma regra deve ser seguida para o grupo de rateio e grupo de email do pagador.

Banco Santander

Este é um dos bancos que exige o Certificado Digital, do tipo Client de 2048 bits, que é utilizado no ambiente de cobrança, conforme layout do banco. A URL do serviço de registro do boleto é disponibilizada pelo próprio banco.

Banco Sicredi

Para os campos do tipo BigDecimal (juros, multas, etc), conforme o manual deste banco, deve-se definir um valor fixo ou fórmula, retornando um valor decimal. O cadastro do layout do registro online do Sicredi deve ser feito conforme o manual de cobrança do banco.

Validação de dados

Com o objetivo de garantir a integridade de informações e segurança de dados, após realizado o cadastro da integração, não é permitida qualquer alteração. Portanto, para que a integração ocorra de forma completa e sem erros, é vital validar os dados e checar a conformidade com o manual fornecido pelo Banco em questão, antes de iniciar o processo.

Registro de boletos

Para registros de boletos no sistema, o convênio com o banco precisa estar parametrizado corretamente, informando os dados do Sistema de Cobrança e URL de Registro do banco na aba ‘Registro Online’ selecionando a opção ‘Permite registro de boleto online’.

Na sequência, basta selecionar a opção – Registrar Online o Boleto, na etapa Dados do Boleto, então o ERP envia os dados do documento ao banco para registro. Então o boleto será criado com código de barras e IPTE, executando o processo de remessa na inclusão. Vale lembrar que os bancos não disponibilizam serviços de alterações de dados nos boletos já registrados.

Ao realizar o registro online de boleto, se a quantidade de caracteres dos campos do nome e endereço do cadastro do Cliente / Fornecedor, for maior que a quantidade informada no layout de cada banco, o sistema irá “truncar” esses campos de acordo com cada manual.

A partir da versão 12.1.17 do TOTVS RM, o arquivo XML/JSON é exibido quando ocorre alguma divergência no Log ao fim do processo de Registro Online do boleto, informando o ponto a ser ajustado. O arquivo fica disponível em TXT na aba Dados CNAB em Registros online de Boletos.

Se houver recusa de registro online do boleto pelo banco, status da remessa será atualizado para “Recusado”. É possível visualizar a mensagem com o motivo da recusa retornada pelo próprio banco, que fica gravada no boleto, no campo: Motivo de recusa do Registro Online. Esse campo será atualizado conforme último registro e será limpo assim que for aceito.

Para boletos criados e não Registrados Online, deve-se selecionar o boleto para que seja executado pela visão de Lançamentos em: Anexos – Processos – Registro online de Boletos, ou, por: Boletos em Processos – Registro Online de Boletos.

Por meio de filtros aplicados é possível registrar um maior volume de boletos de um acordo, sem selecionar o boleto na visão, através do menu Movimentações Bancárias – Integra Bancária – Registro online de Boletos por filtro. O boleto pode ser incluso utilizando a tag: <RegistrarOnLineBoleto>true</RegistrarOnLineBoleto> selecionando a opção ‘Registrar Online o Boleto’ e incluindo o boleto com o status de remessa Registrado Online.

Além desses processos de uso frequente, a integração bancária com o TOTVS RM pode gerar uma considerável economia de tempo e processos. A CRM Services é especialista em integrações bancárias via ERP TOTVS RM e podemos ajudar sua empresa com esse processo.

Entre em contato e saiba mais!