Listamos as principais ocorrências de erro e rejeição no Protheus TOTVS retornadas pelo SEFAZ. Vamos mostrar os motivos das rejeições e como resolver cada uma delas.

Ao enviar NF-e ao SEFAZ – Secretaria da Fazenda pelo sistema de gestão TOTVS Protheus, com certeza já se deparou com retornos de Rejeição de nota. As rejeições ocorrem por uma série de motivos, sejam dados faltantes ou divergentes de informações.

Para ajudar na correção da Rejeições de NF-e do Protheus listamos as que mais ocorrem e o que você precisa fazer para corrigir.

Rejeição 327 Protheus

Ao realizar o envio de NF-e com finalidade de devolução de mercadoria, é possível que ocorra um retorno do SEFAZ – Secretaria da Fazenda, como rejeição 327.

Isso ocorre quando durante o processo o CFOP – Código Fiscal de Operações e Prestações é inválido para a NFE – Nota Fiscal Eletrônica com finalidade de devolução.

Para evitar a Rejeição 327 no Protheus, sempre que a NF-e gerada for de devolução de mercadoria (finNFe=4) é obrigatório informar um CFOP de devolução de mercadoria, caso contrário a nota será rejeitada com base na regra de validação supramencionada.

Para resolver, verifique se o tipo da nota fiscal está como Devolução:

Cheque o CFOP utilizado na NF-e de devolução, se o tipo da nota (campo Tipo) for Devolução, a descrição da CFOP deve obrigatoriamente ser Devolução.

Caso precise alterar a TES acesse: menu Cadastros > Básico > Tipo de Entrada e Saída e inclua ou altere a TES com o CFOP correto, exclua o documento de saída/entrada e inclua novamente utilizando o TES correto.

Rejeição 528

A Rejeição 528 ocorre quando o Valor do ICMS difere do produto BC e Alíquota. Para corrigir, quando a nota não é de complemento a SEFAZ espera que o valor do ICMS esteja conforme o cálculo abaixo:

<VBC> / 100 = Resultado

Resultado * <PICMS> = <VICMS>

O campo da TAG VBC que verificamos para este cálculo é da tabela CD2, o campo CD2_BC / 100 (Nota de entrada ou saída).

Caso seja uma nota de complemento, para que o SEFAZ não gere a rejeição, a TAG deve ser FINNFE = 2.

Verifique também se no XML está gerando FINNFE = 1, caso esteja a nota não foi referenciada corretamente.

Para referenciar a nota de origem, os seguintes campos precisam estar preenchidos:

  • D2_ITEMORI, D2_SERIORI, D2_NFORI (nota de saída)
  • D1_ITEMORI, D1_SERIORI, D1_NFORI (nota de entrada)

Se a nota for referenciada manualmente deve-se preencher os campos NF. Ori, Serie Ori e Item Ori.

Caso o preenchimento for automático, pelo gatilho F4 (Nota de saída) ou F7 (Nota entrada), os campos são alimentados automaticamente. Nesse caso, exclua a nota e refaça o processo corretamente para a transmissão.

Importante: Todos os zeros da nota do item e da serie devem estar exatamente como o da nota de origem.

Rejeição 629 Protheus

O SEFAZ retorna com Rejeição 629 quando o valor do produto difere do valor unitário de comercialização e quantidade comercial. Quando é emitida uma nota do tipo normal, a SEFAZ valida se a vProd é o resultado da vUnCom, vezes, a qCom.

Na TAG vUnCom, o valor é gerado pelo fonte conforme detalhamento abaixo:

No Protheus é incluído: Quantidade x Valor Unitário, para se chegar ao valor total.

A SEFAZ conforme o Manual do Contribuinte_v_6.00 página 184 a TAG vUnCom, indica: “Informar o valor unitário de comercialização do produto, campo meramente informativo, o contribuinte pode utilizar a precisão desejada (0-10 decimais). Para efeitos de cálculo, o valor unitário será obtido pela divisão do valor do produto pela quantidade comercial. (v2.0)”.

Dessa forma, o cálculo é feito pelo fonte: A divisão que gera é do valor do produto dividido pela quantidade.

<vProd> divido <qCom> igual <vUnCom>

Exemplo:

<vProd>5807.80</vProd> / <qCom>1,79222</qCom>

= <vUnCom>3240,56194577786<UnCom>

O fonte hoje, por padrão segue o seguinte:

Quantidade são 4 casas decimais. <qCom>

Valor unitário são 8 casas decimais. <vUnCom>

Valor total são 2 casas decimais. <vProd>

Para corrigir verifique se o cálculo na tabela SD2 está correto na nota de saída:

D2_PRCVEN *  D2_QUANT  = D2_TOTAL

Cheque também se o cálculo na tabela SD1 está correto na nota de entrada:

D1_VUNIT * D2_QUANT = D1_TOTAL

Se estiver correto, o fonte fará o calculo. Nesse caso será necessário realizar um teste com os fontes padrões do link abaixo, aplicar a patch e compilar o RDMAKE da NFe:

MP – NFE – Documentos Eletrônicos NFe / NFSe / MDFe / MDe

Caso você tenha alterado as casas decimais do valor unitário na SD1 ou na SD2, será necessário customizar o NFESEFAZ. Para facilitar, segue o trecho do fonte onde deve ser alterado:

If cVerAmb== “2.00”

cString += ‘<vUnCom>’+ConvType(aProd[16],21,8)+'</vUnCom>’

Else

cString += ‘<vUnCom>’+ConvType(aProd[16],16,4)+'</vUnCom>’

Endif

If cVerAmb== “2.00”

cString += ‘<vUnTrib>’+ConvType(aProd[10]/aProd[12],21,8)+'</vUnTrib>’

Else

cString += ‘<vUnTrib>’+ConvType(aProd[10]/aProd[12],16,4)+'</vUnTrib>’

Endif

Feito isso, exclua a nota e gere novamente.

Caso seja uma Nota de Complemento, deve-se realizar o seguinte procedimento:

Rejeição 029 Protheus

Essa rejeição ocorre quando há falha de schema na Tag <cEAN> <cEANTrib>

Ao digitar o código de barras nos campos:

B1_CODGTIN

B1_CODBAR

B5_2CODBAR

O campo possui um gatilho:

Se tiver 12 deverão ser preenchidos 11 e o gatinho irá preencher o 12.

Se tiver 13 deverão ser preenchidos 12 e o gatinho irá preencher o 13.

Se tiver 14 deverão ser preenchidos 13 e o gatinho irá preencher o 14.

Rejeição 610 Protheus

Quando o SEFAZ retorna a nota com Rejeição 610 é porque o total da NF-e difere do somatório dos valores que compõe o total da nota.

É importante que o valor da TAG vNF bata com os valores levados no bloco ICMSTOT, subtraindo e somando de acordo com o esperado pela regra de sua totalizadora.

Rejeição 206

Caso a nota volte com Rejeição 206 significa que a mesma já está inutilizada na base de dados da SEFAZ.

Nesse caso é possível consultar a inutilização da nota através do site da SEFAZ e caso seja confirmado, não será possível reutilizar a mesma numeração, deve-se então emitir uma nova, com nova numeração.

Caso a nota não esteja indicada como inutilizada na SEFAZ, o mais indicado é solicitar suporte com a CRM Services sobre a rotina do Protheus.

Rejeição 778

Essa rejeição ocorre quando o NCM utilizado pelo produto que está sendo faturado, está desatualizado com relação a tabela de NCMs disponibilizadas pela SEFAZ.

Para resolver é necessário consultar a tabela NCM atualizada e corrigir o código, identificando um existente e que se adeque melhor na operação.

Porém, caso o código xista na tabela e mesmo assim a rejeição ocorrer, a recomendação é que entre em contato com a SEFAZ e solicite análise, pois pode tratar-se de um problema no Ambiente Autorizador da NFe.


Essas são algumas das rejeições mais comuns retornadas pelo SEFAZ ao transmitir NF-e pelo TOTVS Protheus, porém, existem inúmeras outras. Para facilitar, criamos um arquivo com todas as rejeições, que você pode baixar agora mesmo, clicando aqui!

A CRM Services é uma Consultoria Especialista TOTVS Protheus, contando com mais de 11 anos de mercado. Nosso time de Analistas seniores está preparado para ajudar a sua empresa nos erros e rejeições do seu sistema.