Está buscando a sua certificação Scrum Master? Separamos 8 dicas que vão ajudar você no processo de estudo para se tornar proficiente nessa metodologia de gestão de projetos.

Não restam dúvidas de que o tempo é fator decisivo quando o assunto é competitividade. Quanto mais rápido e eficiente decorrer a gestão e planejamento de um projeto, melhor! Nesse contexto, o mercado disponibiliza múltiplas metodologias que prometem facilitar e potencializar esse processo e dentre elas, a mais conhecida e referenciada é a Scrum.

Utilizada desde 1990 em mais de 60% dos projetos em todo o mundo, a metodologia Scrum é considerada um framework de gerenciamento de projetos e opera dividindo os projetos em ciclos, de forma que o trabalho seja feito em etapas e realizado com mais produtividade e eficiência.

Atualmente existem diversas organizações que oferecem certificações Scrum. Antes de conhecer as 8 dicas que te ajudarão em sua certificação, confira algumas organizações licenciadas:

  • Certificação Scrum Master
  • Certificado Scrum Professional (CSP-SM)
  • Certificação Scrum Master (PSM)
  • SCRUM Master Certified (SMC™)
  • SFC (Scrum Fundaments Certified)
  • SCRUMstudy
  • Scrum Org
  • SCRUM Developer Certified (SDC™)
  • Scrum Alliance
  • SCRUM Product Owner Certified (SPOC™)
  • CSM Avançado
  • Expert SCRUM Master Certified (ESMC™)
  • Professional Scrum Product Owner (PSPO I, II e III)
  • Professional Scrum Developer (PSD)
  • Exin
  • Agil Scrum Master (ASM)

A Scrum tem três funções fundamentais para o seu sucesso:

Product Owner: responsável por representar o interesse do cliente para o produto que está sendo desenvolvido;

Equipe: que desenvolve o produto;

Scrum Master: profissional que direciona e facilita a realização de tarefas tanto pelo Product Owner quanto pela equipe, portanto, um papel mais difícil de exercer e que exige certas competências para se ter sucesso.

Na tentativa de se buscar uma certificação para atuar como Scrum Master, alguns profissionais podem se deparar com diversas dificuldades. por esse motivo, listamos oito dicas que podem ajudar a minimizar esses desafios:

01- Ter uma meta

A primeira dica e primeiro passo a dar para garantir a certificação Scrum Master é determinar uma meta. É importante pensar porque se quer essa certificação e quando quer, pois assim será possível criar um plano de estudos e preparo até a data da prova. Quanto antes a certificação acontecer, mais qualificado o profissional estará para desenvolver suas funções com a metodologia Scrum.

02- Ter uma rotina de estudos

Tendo uma meta e um plano de ação, é hora de pensar e aplicar uma rotina para os estudos, a depender da meta. Neste ponto, é importante pensar no tempo que se tem até a prova, para que o período de estudos por dia possa ser calculado. O essencial é que essa preparação aconteça todos os dias, no mesmo horário, para que o hábito seja criado e naturalizado no dia a dia.

03- Estudar o Scrum Guide

Assim que o cronograma de estudos é criado, é preciso partir, de fato, para a leitura. Há vários materiais disponíveis para isso, no entanto, o principal deles é o Scrum Guide, o verdadeiro guia para quem quer obter a certificação Scrum Master. Nele são descritas todas as funções e processos da metodologia e é importante ter familiaridade com todos os termos apresentados.

04- Aplicar o método LEED

A leitura do Scrum Guide, bem como de outros materiais sobre a metodologia Scrum, não é fácil, já que possui muitos termos técnicos. Por isso, aplicar o método LEED – Leia, Entenda, Escreva e Desenhe – é uma boa dica para obter a certificação em Scrum Master. Na prática, esse método envolve a leitura do texto, em um primeiro passo, a compreensão dele de forma que o leitor seja capaz de explicar o que foi lido para outra pessoa, o ato de escrever de forma sucinta o que se leu e apresentar a ideia do texto em um desenho.

05- Adaptar-se ao inglês

Para aqueles que ainda não possuem um bom nível de inglês, obter a certificação do Scrum Master pode ser ainda mais difícil. Dessa forma, estudar os termos da metodologia em inglês ajuda na compreensão do conteúdo e na imersão em outro idioma. Uma dica é ler o próprio Scrum Guide em português e em inglês para já se adaptar à segunda língua.

06- Praticar com simulados

Tendo o conteúdo absorvido, o próximo passo é praticar com exercícios. Os simulados, neste caso, são ótimos para avaliar o quanto o assunto foi entendido ou não. O ideal é realizar os mesmos exercícios diversas vezes, pois, assim, na hora da prova, a probabilidade de acerto é ainda maior.

07- Controlar a evolução

Ao fazer os simulados, tão importante quanto conseguir fazer os exercícios é acompanhar os resultados e a evolução da quantidade de acertos. Esse hábito, além de melhorar a noção da porcentagem de respostas corretas, ajuda a aumentar a confiança pessoal para a realização da prova.

08- Ter média de 100%

Por fim, a última dica é estudar até obter 100% de média. Apesar de o certificado exigir uma porcentagem de 85% de acertos, nada melhor do que garantir o máximo de aproveitamento. Como a prova é realizada online e o tempo máximo é de uma hora, algumas distrações podem acontecer, bem como nervosismo, então quanto maior for a porcentagem de acertos durante os simulados, mais fácil ficará responder a prova oficial.