Por meio do Fluig Webservice é possível acessar funcionalidades da ferramenta partindo de outras aplicações, além de dar acesso a softwares externos.

Se sua empresa utiliza alguma das soluções TOTVS, é possível que também faça uso do Fluig, ou pelo menos, conheça ou tenha ouvido falar da ferramenta.

Desenvolvido para permitir velocidade e fluidez em estratégias, processos, troca de informações e ideias, o Fluig é um grande facilitador na administração das empresas, trabalhando dados e informações por meio da integração com o ERP ou sistema de gestão em uso.

A plataforma agnóstica da TOTVS é integrável a todo e qualquer tipo de software de mercado ou legado, sem a necessidade de modificações significativas no sistema em si.

módulos fluig
Os módulos do Fluig trazem mais versatilidade aos sistemas de gestão integrada.

Como a ferramenta centraliza os dados da empresa em um único local, através de uma comunicação colaborativa entre áreas, unidades, filiais, revendas, etc, é essencial que haja essa conexão entre o Fluig e o sistema de gestão.

Um dos meios mais utilizados para estabelecer essa comunicação é o Webservice.

Por meio do webservice é possível acessar funcionalidades do Fluig partindo de outras aplicações, além de dar acesso a softwares externos e permitir trocas de dados de forma transparente, mesmo que desenvolvidos em plataformas totalmente diferentes entre si, como: PHP, C++, C, Ruby, Java, Microsoft, Python, etc,.

Como integrar Fluig Webservice ao seu ERP

O Fluig é uma opção flexível e versátil, que se molda às necessidades do projeto, seja qual for o segmento ou porte do negócio.

Ele serve para complementar a gestão iniciada pelo software em uso na empresa, seja uma solução TOTVS ou qualquer outra aplicação, tornando mais ágil a realização dos processos.

Nesse contexto, a integração do Fluig via WebServices utiliza o protocolo SOAP e, por ser um padrão aberto, permite a troca de informações entre plataformas totalmente diferentes.

Os links webservices direcionam o navegador para a URL do WSDL (Web Service Description Language) do serviço.

Para que haja essa comunicação com o serviço, é necessário criar um Stubs – abrindo o Prompt de comando e utilizando a sintaxe: wsimport -d <output_directory> <wsdl_url>, sendo: output_directory – diretório onde o stub será criado, e wsdl_url – url de acesso ao serviço.

O Fluig disponibiliza um conjunto de WebServices que permitem o acesso às informações da plataforma ou a execução de tarefas, com lista disponível em: http://<host>:<porta>/services

Caso sua empresa já conte com o Fluig, é possível acessar o WebServices a partir da própria plataforma e realizar chamadas às ferramentas de terceiros, através do cadastro de Serviços na Visualização de Serviços do Fluig Studio.

Para adicionar um novo WebService, é preciso clicar na opção Incluir Serviço, e assim que o sistema abrir o assistente Novo Serviço, informar o servidor do Fluig onde o mesmo será adicionado.

Nesse momento, insira um código identificador para o serviço, uma descrição, a URL para o WSDL e o seu tipo.

Aposte na integração do Fluig e seu ERP por meio do Webservice para transformar suas operações e consequentemente, aumentar a produtividade do seu negócio, acelerando resultados com apoio da ferramenta.