Sem a necessidade de qualquer implementação adicional, as Mashups no TOTVS Protheus facilitam o preenchimento de dados de serviços de terceiros.

Você sabe o que são Mashups e para que servem? Mashups nada mais são que facilitadores de preenchimento que, por meio da configuração e importação de dados de serviços de terceiros para dentro do TOTVS Protheus, como: CEP, endereço, consultas de CNPJ, CPF, Sintegra, entre outros, completam os campos com informações cadastrais pertencentes ao prestador.

As Mashups agilizam e facilitam significativamente a rotina dos usuários na manutenção dos cadastros no sistema e estão disponíveis no padrão do TOTVS Protheus, sem a necessidade de qualquer implementação adicional, dependendo apenas de configuração dos serviços desejados.

O primeiro passo para configurar os serviços é instalar o Proxy Mashup através do link: http://tdn.totvs.com/pages/viewpage.action?pageId=224443860

Assim que instalado, basta seguir o seguinte procedimento para cada serviço: Acesse o Configurador, em seguida clique em Ambiente, depois em Cadastros, e por último em Mashups, então clique em Incluir.

Nesse momento, será apresentada uma tela para inclusão de nova Mashup. Na parte inferior dessa tela, deve-se clicar em: Outras Ações – Mashup. Feito isso, o sistema carregará uma série de opções de serviços disponíveis para que selecione o desejado. Após essa definição, no campo Alias, deve-se determinar a tabela TOTVS Protheus que utilizará esse serviço.

Fonte: https://tdn.totvs.com/pages/releaseview.action?pageId=261588278

Acionando novamente a aba Outras Opções – Parâmetros, é hora de configurar os Parâmetros Enviados, ou seja, os dados que serão enviados para o serviço de Mashup e os campos da tabela que receberão informações do serviço, como Retornos Esperados, da seguinte maneira:

Em Parâmetros Enviados, clique no campo abaixo da coluna origem, para abrir o combo com as opções: 1 – Sistema (parâmetro de envio será lido diretamente do campo preenchido) e 2 – Usuário (parâmetro de envio será solicitado manualmente assim que o Mashup for executado, indicando no campo Tipo Objeto, qual objeto enviará os dados.

Em Retornos Esperados aparecem os retornos dos serviços de Mashups escolhidos. Nos parâmetros você poderá definir quais importar para a tabela, clicando na coluna Campo e selecionando qual receberá a informação.

Configurações feitas, salve as ações para concluir o processo de configuração dos Mashups no TOTVS Protheus.

Para selecionar um serviço de Mashup no cadastro de clientes, por exemplo, preencha o CNPJ do serviço desejado, em seguida clique em Outras Ações e depois em Mashups. Uma tela com as opções relacionadas será aberta. Vale lembrar que alguns Mashups necessitam de Recaptcha, como o da Receita Federal. Após o órgão validar todos os dados e retornar com um símbolo “check”, clique em OK para carregar as informações de cadastro.

Para que o processo funcione corretamente, é importante liberar no servidor onde está o Protheus, a url: http://mashups.totvs.com.br para que não ocorra bloqueios de rede. Inicie também o serviço do Protheus e do Proxy com usuário de administrador do sistema operacional.

Caso ocorram oscilações, reinicie o processo. Como os Mashups são baseados em web services de terceiros, podem ocorrer indisponibilidades nos serviços.

Caso encontre dificuldades para configuração das Mashups no seu ERP TOTVS Protheus, nós podemos ajudar. A CRM Services está no mercado há mais de 10 anos, como consultoria especialista TOTVS líder no Brasil. Entre em contato e saiba mais.