O controle de numeração Protheus é totalmente realizado pelo License Service, que controla as licenças de uso dos softwares e aplicações da TOTVS.

Antes da versão 12 do TOTVS Protheus, o controle de numeração era realizado por um dispositivo conectado ao servidor chamado de Hard Lock ou por tabelas (SXE e SXF). A partir da versão 12.1.23, lançada junto com binário Lobo Guará, a numeração automática passou a ser realizada através do License Server, que controla as licenças de uso dos softwares e aplicações da TOTVS.

Esse controle tornou-se obrigatório e é tão rigoroso que, para quem está em versões anteriores à 12.1.25 e não possui o License Server ativo, o próprio processo barra o upgrade, não permitindo a virada do release.

Migrações realizadas a partir da 12.1.25 com o uso do License Server para controle de numeração se mostraram mais eficientes, com desempenho superior e mais seguro do que com o processo realizado por meio do Hard Lock ou Tabelas (SXE e SXF) físicas no diretório do ambiente (como era feito em versões anteriores), que se mostraram passíveis de se corromper em casos de interrupção inesperada do servidor, como em quedas de energia.

O controle de numeração das tabelas via License Server fica armazenado em memória, durante o período em que o recurso está ativo. Já, quando o serviço do LS é parado, o servidor cria um arquivo com as últimas sequências das chaves em uso das tabelas que possuem numeração automática, com o nome LSNumber.val na pasta do Application Server.

Assim, quando o License Server for reiniciado, as informações do arquivo gravado são carregadas automaticamente, permitindo a continuidade de sequência da numeração.

Para utilizar o License como controle de numeração Protheus, deve-se preencher a chave ENABLENUMBER da seção [licenseserver] dentro do Application Server, sendo: Enablenumber=1 – controle via License Server, e, Enablenumber=0 – controle por antigos processos.

O servidor assumirá uma numeração padrão caso não exista a linha Enablenumber na seção [LicenseServer]. Porém, se o servidor identificar a existência da configuração de controle por tabelas SXE / SXF, estas serão automaticamente deletadas assim que ocorrer o primeiro acesso à qualquer rotina que utilize a numeração automática, onde o License buscará a última numeração gravada.

Por isso é recomendado que seja feito o backup das tabelas SXE e SXF antes do procedimento de alteração de modo de controle para que não ocorram perdas de dados importantes.

Como corrigir diferenças na ordem de numeração

Caso ocorram erros na sequência de numeração, primeiro deve-se verificar o último ou maior número gravado na Tabela a partir da qual dará continuidade, atentando-se a numeração conforme Filial. Na sequência, basta executar a rotina Controle de Numeração (APCFG110) pelo configurador para efetuar a correção, certificando-se que o BUILD, LIB e o License Server estejam atualizados.

Com os recursos atualizados, a numeração encontrada em memória será atualizada pelo novo valor informado.

Caso o LS esteja desatualizados e o BUILD atualizado, o sistema não gravará o arquivo LSNumber.val em uma possível interrupção do serviço. Com a reinicialização do serviço, o sistema buscará na Tabela a maior numeração gravada para dar sequência ao processo.

Para realizar esse processo, siga os seguintes passos:

  • Acesse o Configurador – Ambiente – Cadastro – Controle de Numeração;

    Na sequência localize a tabela a ser corrigida;
  • No grid superior, informe a numeração correta a ser utilizada e, no grid inferior, informe a numeração sequencial;
  • Após concluir o processo, feche o configurador e abra novamente o sistema para ativar a numeração.

Caso existam múltiplos ambientes (mais de um Appserver ou pasta System) utilizando o mesmo License Server, como no caso de: Ambiente de Produção e Ambiente Teste, a numeração de uma base pode interferir na outra. Por esse motivo é importante configurar a chave SpecialKey na sessão ambiente, dentro do arquivo appserver.ini de cada base, criando uma chave diferente para identificar cada ambiente no LS.

Se tiver dúvidas de como realizar a configuração do Controle de Numeração TOTVS Protheus com o License Server, lembrando que é necessário migrar para versões acima da 12.1.25, nós podemos ajudar sua empresa. A CRM Services conta com a maior equipe de analistas especialistas TOTVS do mercado, prontos para apoiar em atualizações e implantações Protheus, RM e Fluig. Entre em contato e saiba mais.